Abigraf-SP e Sindigraf-SP apresentam bibliotecas revitalizadas em Santa Rita do Passa Quatro e Macatuba

03/06/2016 00h00
 

As cidades de Santa Rita do Passa Quatro e Macatuba vão apresentar à população o resultado da revitalização de duas bibliotecas municipais, que fazem parte do projeto Bibliotecas – Leituras para Todos, realizado pela Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf-SP) e Sindicado das Indústrias Gráficas (Sindigraf-SP).

Com essas duas unidades serão 22 bibliotecas no total e elas têm sido entregues sistematicamente à população desde 2005. A revitalização da biblioteca de Santa Rita do Passa Quatro, situada na região de Ribeirão Preto, será no dia 20 de maio, às 10h30, e a de Macatuba, acontecerá no dia 25, às 10 horas.

O objetivo do projeto Bibliotecas – Leitura para todos é revitalizar espaços de leitura em municípios de menor porte do interior paulista. Para o presidente do Sindigraf-SP e country manager da Campanha Two Sides, Fabio Mortara, o trabalho é uma contribuição da indústria gráfica paulista à cultura e à educação dos brasileiros, que carecem muito de espaços de leitura. “Precisamos fortalecer cada vez mais fontes do saber como essas. Os jovens precisam ter à disposição alternativas que os estimulem a ler conteúdo de qualidade, especialmente o que está nas páginas dos livros”, expõe.

O projeto é desenvolvido por meio de parcerias com prefeituras locais. Enquanto a Abigraf-SP e oSindigraf-SP equipam o lugar com computadores novos e contribuem com uma ampla variedade de livros novos, selecionados pela Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, o Poder municipal cede espaços revitalizados para receber estes recursos.

A biblioteca Pública Municipal Dr. Evandro Mesquita, de Santa Rita do Passa Quatro, receberá 1,3 mil novos livros e um computador novo com um software de digitalização de atividades cotidianas. O evento faz parte da programação dos 156 anos da cidade. Na reinauguração serão premiadas três crianças com melhor índice de leitura da cidade que recebeu o projeto no ano passado (Santa Rosa de Viterbo).

Segundo o presidente da Seccional de Ribeirão Preto, Fábio Sarje, “com essa iniciativa a indústria gráfica paulista prestigia e amplia de forma gratuita, o acesso a cultura e a informação para aqueles que menos têm condições”, afirma.

A cidade de Macatuba também recebeu a doação em dezembro do ano passado de cerca de 1 mil livros, além de equipamentos de informática. “É um trabalho muito importante porque as cidades de pequeno porte não dispõem de equipamentos e é uma possibilidade de inclusão de muita gente que não tem acesso a livros”, diz Ricardo Carrijo, presidente da Seccional Bauru da Abigraf.

Datas das inaugurações de bibliotecas:

Santa Rita do Passa Quatro - 20/05

Região de Ribeirão 10h30

Centro Cultural Governador Mário Covas - Anfiteatro Américo Persin

Praça Professor José Gonso, s/nº, Jardim Cinelândia

Macatuba - 25/05

Bauru – Região de Bauru – 10h

Rua João Carlos Hueb, s/n, Jardim Bocaiuva

Projeto Bibliotecas em números

22 bibliotecas criadas ou revitalizadas

815 mil pessoas potencialmente beneficiadas nos municípios atendidos

Mais de 20 mil livros doados desde 2005

12 missões da biblioteca pública

1 Criar e fortalecer os hábitos de leitura desde a primeira infância

2 Apoiar a educação individual, o autodidatismo e a educação formal em todos os níveis

3 Propiciar à população meios para sua evolução criativa

4 Estimular a imaginação e a criatividade de crianças e jovens

5 Promover o conhecimento da herança cultural e o apreço pelas artes, realizações e inovações científicas

6 Facilitar o acesso a todas as formas de expressão cultural e de artes

7 Fomentar o diálogo e a diversidade cultural

8 Apoiar a tradição oral

9 Assegurar o acesso às diferentes informações da comunidade local

10 Proporcionar serviços de informação adequados às empresas, associações e grupos de interesse

11 Promover o desenvolvimento da capacidade de utilizar a informação e a informática

12 Apoiar, participar e, se necessário, criar programas e atividades de alfabetização para diferentes grupos etários

Fonte: Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (Ifla)

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS